+55 (11) 3673-1388

Calendário Científico

SAAPed

Informações

28/01/2023

O Suporte Avançado em Anestesia Pediátrica (SAAPed) é curso presencial com enfoque em situações de crise durante anestesia pediátrica. Essas situações críticas, como atendimento à parada cardiorrespiratória, são adaptadas ao contexto do paciente cirúrgico, tornando-as mais realistas ao dia-a-dia do anestesiologista. O curso tem um roteiro que traz desde situações frequentes em anestesia pediátrica, como queda transitória da saturação de oxigênio por um laringoespasmo, até um caso raro de hipertermia maligna ou intoxicação por anestésico local. Todas as complicações relevantes para o anestesista que atende crianças são vistas durante o curso, seja nas aulas teóricas, nos workshops ou nos casos de simulação realística – que são o ponto alto do curso. O centro de simulação da SAESP dispõe de manequins de alta fidelidade: o manequim pediátrico é capaz de ficar cianótico, chorar e até apresentar um broncoespasmo perceptível à ausculta. É importante ressaltar que grandes nomes da anestesia pediátrica do estado de São Paulo participaram da elaboração das aulas e dos casos clínicos apresentados.

Os instrutores do curso, todos especialistas em anestesia pediátrica, também tiveram treinamento nos métodos de simulação realística e em andragogia. O SAAPed tem como objetivos principais aprofundar seus conhecimentos em temas delicados da anestesia pediátrica, além de treinar, de forma prática, habilidades técnicas e comportamentais durante situações de crise. Cada participante recebe o livro do SAAPed, material didático complementar ao curso. O livro contém capítulos equivalentes a todas as aulas teóricas (on-line e presenciais), assim como às atividades práticas. O material é conciso, prático e com foco principal no manuseio e tratamento das situações de crise.

O SAAPed permitirá a você:

1. Ter mais segurança durante o atendimento de crianças de qualquer idade;

2. Reconhecer precocemente uma situação potencialmente crítica;

3. Fazer o diagnóstico correto;

4. Conduzir o tratamento, utilizando todos os recursos disponíveis;

5. Melhorar a segurança e a qualidade na abordagem clínica dos pacientes pediátricos. 

Inscreva-se aqui

Fonte:

Neste Mês